top of page

Grupo de Whatsapp ajuda a prender dupla que passava nota falsa

Vizinhança Solidária e Atividade Delegada - parceira nota 10

Na tarde de hoje, por volta das 17h, a união do Programa Vizinhança Solidária com a Atividade Delegada mais uma vez teve sucesso na cidade de Jales.

Comerciantes denunciaram dois indivíduos que estavam passando notas falsas através do grupo de WhatsApp do Programa Vizinhança Solidária.

Imediatamente a Polícia Militar, mais especificamente os policiais empregados na Atividade Delegada, com base nas informações e imagens que eram postadas quase que instantaneamente no grupo, conseguiram abordar os indivíduos no cruzamento das Rua Seis com a Rua Onze.

Com os abordados, dois adolescentes do município de Marinópolis, foram encontradas uma camiseta e uma mochila, as quais haviam sido compradas em duas lojas e pagas com uma nota falsa de duzentos reais. Os menores também usaram uma outra nota falsa de duzentos reais para pagar salgados que comeram em um Bar.

Na carteira de um deles ainda foram encontradas notas aparentemente verdadeiras recebidas como troco das compras realizadas com as notas falsas.

Os adolescentes foram encaminhados à Central de Polícia Judiciária, onde foram ouvidos e liberados.

O Programa Vizinhança Solidária visa estimular os integrantes de determinada comunidade à mudança de comportamento diante de fatos ou condutas que possam afetar a ordem pública da localidade onde vivem, trabalham ou estudam, conscientizando-os de sua importância e responsabilidade nos assuntos relacionados à segurança pessoal e coletiva. Internalizam a necessidade de aproximar os vizinhos um dos outros e resgatar a percepção de segurança, por meio de posturas preventivas individuais e coletivas, materializadas na expansão da vigilância para o contexto do grupo.

Por sua vez, a Atividade Delegada consiste na execução de serviços de competência municipal delegados ao Estado por meio da Polícia Militar, abrangendo, simultaneamente, o desenvolvimento de atividades próprias de preservação da ordem pública. Ou seja, incrementa o policiamento ostensivo-preventivo nas localidades onde ela é desenvolvida, buscando aumentar a percepção de segurança, além de reduzir os índices de criminalidade.

コメント


bottom of page