top of page

O AMOR DE CRISTO NOS UNIU - artigo semanal da Diocese de Jales

O AMOR DE CRISTO NOS UNIU

Desde o início da Igreja, Jesus instituí um mandato que se faz atual a todo instante:

“ide por todo o mundo e proclamai o Evangelho a toda criatura” (Cf. Mc 16, 15). Uma missão concretizada por todos os batizados, filhos de Deus, impulsionados pelo amor do Senhor que derrama sobre cada um de nós sua graça e sua bênção. E para que este mandato seja autenticado, a presença do Espírito Santo é estendida sobre cada homem e mulher onde, por meio dos Sagrados Ministérios da Igreja, são convidados a exercerem o múnus de cristãos com seus dons e carismas conforme já afirmava São Paulo a Comunidade de Corinto (1 Cor 12, 4): “há diversidade de dons, mas o mesmo é o Espírito. Há diversidade de Ministérios, mas o mesmo é o Senhor”.


Vitor Rafael da Silva Aguiar, Seminarista do ano síntese da Diocese de Jales

O que são estes Ministérios? Ora: para presidir o povo de Deus temos o ministério

ordenado: Bispos, Presbíteros e Diáconos. Entretanto, os fiéis leigos, em virtude do Santo Batismo e da Confirmação do Santo Crisma, têm por missão de trabalhar também para que o Evangelho seja conhecido por toda terra. O exercício do Ministério eclesial é, pois, convite e envio missionário de todos nós!

Percebemos com isso que dentro da comunidade há lugar para que todos possam ser missionários desempenhando ministérios que colaboram na evangelização dos povos e das nações: música, arte, catequese, distribuição da Eucaristia, serviço do Altar... entre outros ofícios. Cabe-nos ousadia em poder assumir tais Ministérios.

No dia 05 de dezembro de 2023 no Santuário Diocesano da Santíssima Trindade –

Diocese de Jales, SP, os Seminaristas Tiago Vinicius e Vitor Rafael da etapa da síntese que

concluíram seus estudos filosóficos e teológicos, receberam pelas orações de Dom Reginaldo Andrietta, bispo desta mesma Igreja particular, os Ministérios de Leitor e Acólito, bem como a Admissão as Sagradas Ordens que os conferem ainda mais aptos ao futuro Ministério Ordenado que almejam em suas vidas de vocacionados. Estes dois Ministérios oficiais da Igreja confirmam ao leitor, a graça de proclamar o evangelho de forma assídua: “Quando anunciardes aos outros a Palavra de Deus, recebei-a vós também em docilidade ao Espírito Santo, meditai-a atentamente, para adquirirdes cada vez mais o suave e vivo amor da Sagrada Escritura, ecom a vossa vida, revelai o Salvador, Nosso Senhor Jesus Cristo” (Cf. Pontifical Romano); ao acólito o serviço ao altar idealizado com amor: “Ao realizar o vosso ministério, muito vos ajudará lembrar-vos que, participando de um só pão com os vossos irmãos, formais com eles um só corpo. Por isso, amai sinceramente o Corpo Místico de Cristo, ou seja, o Povo de Deus, sobretudo os fracos e os doentes, e vivei segundo o mandamento que o Senhor deu aos seus Apóstolos na última Ceia: ‘Amai-vos uns aos outros, como Eu vos amei’” (Cf. Pontifical Romano).

A estes dois Instituídos nestes Ministérios e a todos os chamados por Deus a uma vida

intima de doação, que nunca lhes faltem a perseverança, coragem, fé e amor, pois da parte do Senhor a herança da salvação é uma das garantias. Afinal: é o amor de Cristo que nos une e nos preenche a viver de forma intensa nossa vocação e missão.

Comentários


bottom of page