top of page

Futuros Pedagogos do UNIJALES visitam salas da EJA na Escola Dr. Euphly Jalles


Os discentes do 5º semestre do curso de Pedagogia do Centro Universitário de Jales realizaram uma visita à Escola Estadual Dr. Euphly Jalles. O objetivo da visita foi conhecer os alunos das terceiras séries da Educação de Jovens e Adultos - EJA. Acompanhados pela professora Tamar Naline Shumiski, os futuros pedagogos foram recepcionados pela diretora Vânia Liziê e pelas professoras Ariane Correa, de Matemática; Rosana Castelli, de Filosofia e Língua Portuguesa e Sônia Maria Muller, de Geografia.

Durante a visita, os estudantes tiveram a oportunidade de interagir com os alunos da EJA, explorando suas motivações para retornar aos estudos após anos sem frequentarem a escola, suas aspirações acadêmicas e profissionais, e as dificuldades que enfrentam no percurso educacional. Alguns alunos expressaram o desejo de cursar o Ensino Superior em áreas como Gastronomia e Educação Física, demonstrando dedicação e empenho nos estudos.



A diversidade etária na classe, composta por jovens e outros acima dos 50 anos, foi destacada como um fator positivo para a troca de experiências. Os mais jovens, familiarizados com a tecnologia, ajudam os colegas mais experientes, enquanto estes compartilham suas vivências e conhecimentos práticos. As professoras elogiaram o interesse, a participação e o respeito mútuo entre os estudantes, além do esforço contínuo para superar desafios.

Para a professora Mestra Tamar Naline Shumiski, a experiência foi enriquecedora para os pedagogos, proporcionando-lhes uma visão prática da teoria estudada em sala de aula. “Acredito ser de fundamental importância que os acadêmicos do curso de Pedagogia conheçam as salas de aula da EJA antes de exercerem sua profissão após a formação, pois assim entrarão em contato com a realidade educacional das escolas públicas desde cedo, especialmente com estudantes que voltaram a estudar tardiamente”, afirmou Tamar.


Essa visita não apenas aproximou os futuros educadores da realidade da EJA, mas também reforçou a importância da educação inclusiva e contínua, demonstrando que o aprendizado é um processo constante e acessível a todos, independentemente da idade.


Comments


bottom of page