top of page

Ricardo Gouveia quer mutirão para retirar fios soltos nos postes


Promotor, Elektro, Prefeitura e provedores de internet estariam juntos na ação


O vereador Ricardo Alexandre Fernandes Gouveia apresentou uma Indicação sugerindo ao prefeito Luis Henrique Moreira providências para a realização de um grande mutirão com o envolvimento do Ministério Público, Prefeitura Municipal de Jales, Elektro e empresas de internet e comunicações, com o objetivo de retirar cabos e fios de telefonia e internet soltos ou em baixa altura na cidade. O problema é antigo e já foi tema de incontáveis proposituras na Câmara Municipal e reportagens nos veículos sérios da cidade.

“Na cidade de Jales já foram registrados acidentes provocados por este tipo de situação, alguns de grande gravidade e, caso não sejam tomadas as medidas necessárias, estes fatalmente se repetirão, razão pela qual solicitamos essa união de esforços para a resolução desse problema, com a consequente tomada de providências, absolutamente necessárias”.

Ricardo tem toda a razão. Há pelo menos uma pessoa com sequelas graves e até impossibilitada de se locomover por causa de um acidente sofrido com fios soltos em postes da avenida Francisco Jalles. A moça precisa de ajuda para as atividades mais básicas como comer, andar, fazer higiene e até falar. Uma ação judicial concedeu o direito de receber uma pensão mensal para ajudar a custear o seu tratamento e assistência.

Os fios estão em quase todas as partes da cidade, seja em bairros pobres e mais antigos seja em bairros novos e mais abastados.

Recentemente, foi realizada uma reunião envolvendo a Elektro, Telefônica, Prefeitura e Câmara com representantes dos provedores de internet. O obje5ivo foi instituir um programa de retirada dos fios pelas empresas. A cidade foi divida em setores e foram debatidas propostas como a criação de uma central de telefone para comunicação de fios soltos. Uma segunda reunião chegou a ser combinada, mas não se tem notícias de que tenha acontecido. E a situação continua perigosa e desrespeitosa com a população.

Comments


bottom of page