top of page

Polícia de Jales prende homem acusado de furtar supermercado e danificar delegacia

A Policial Militar de Jales apresentou na CPJ – Central de Polícia Judiciária um homem de 39 anos, iniciais R.O.G. praticar furto no interior do supermercado Sakashita, localizado na Rua Oito.

Ao chegarem no supermercado os Policiais foram informados pelo representante do estabelecimento que o autor, muito conhecido nos meios policiais, estava tentando furtar produtos do supermercado, apresentando-se bastante alterado e agressivo. O autor já se encontrava detido por funcionários e fazia esforços para sair, quando da chegada da guarnição e foi preciso o uso de algemas para imobilizá-lo diante da agressividade demonstrada.



Os funcionários relataram que o autor trazia no interior da bermuda que trajava, duas unidades de protetor solar, avaliados cada uma em R$ 80,00 reais.

Os PMs deram voz de prisão e conduziram o autor para a CPJ.

Durante a elaboração da ocorrência, nas dependências da Central de Polícia Judiciárias, o autor, estava bastante agressivo e desferiu um soco contra o vidro da porta que divide o saguão das dependências internas do prédio, quebrando, causando, portanto, dano ao patrimônio público.

Tratando-se o autor de contumaz delinquente patrimonial com notória toxicodependência, a Autoridade Policial de Plantão ratificou a voz de prisão em flagrante, pois entendeu, numa perfunctória análise, que as condutas do autor se amoldam aos artigos do Código Penal parta o flagrante.

Foi expedido mandado de prisão, convertido de flagrante para prisão preventiva, nos termos do artigo 310, inciso II, do Código de Processo Penal.


Commenti


bottom of page