top of page

Grupo de vereadores “do contra” tenta impedir festa no tapetão, mas perdem


Liderados pelos dois vereadores Bismark e Bruno de Paula, do PSDB (partido do prefeito), grupo que faz oposição sistemática à administração tentou impedir a festa de Jales, mas pedido foi rejeitado pela Justiça

Mais uma vez o grupo de vereadores do contra, que tenta sistematicamente impedir tudo o que a Prefeitura de Jales coloca em prática, desperdiçou a chance de mostrar que pensa na população e não no seu próprio projeto político-eleitoreiro.

O grupo dos cinco vereadores liderado pelos dois que pertencem ao memso partido do prefeito (Bruno de Paula, Bismark Kuwakino, Ana Carolina Amador, Elder Mansulei e Hilton Marques) ingressaram com uma representação junto ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) para impedir a realização da festa de aniversário da cidade, qeu será realizada de portões abertos com todos os shows gratuitos.

Usando uma infeliz estratégia que deve ter sido criada por algum daqueles advogados anônimos que não assinam ações, tentaram impedir a festa, às vésperas da realização da licitação. PERDERAM!

Ainda bem porque assim, a festa vai gerar empregos, desenvolver o comércio e o turismo, além de levar o lazer e a alegria para a população que não têm condições de ir até cidades distantes para assistir a grandes shows. MESMO CONTRA A VONTADE DELES.

A FESTA SERÁ REALIZADA DE PORTÕES ABERTOS porque o bem venceu os mal intencionados.



POLITICAGEM

A representação é sinal de que as eleições estão definitivamente à vista e alguns políticos vão tentar aparacer a todo custo para se credenciar à disputa. Alguns vão vender caro os seus posicionamentos.

E não duvide que esses cinco vereadores tentarão atrapalhar a administração ainda mais. Farão o possível para o prefeito não conseguir colocr os seus projetos em prática e apresentar os seus candidatos como “salvadores da pátria”.

Porque são sempre esses cinco vereadores que fazem a crítica pela crítica, a oposição pela oposição, a ideia do quanto pior, melhor. Não querem o bem de Jales, buscam, diuturnamente, prejudicar o município em nome de uma possível candidatura nas eleições que se aproximam.

Mais ainda bem que FALHARAM E VÃO CONTINUAR FALHANDO SEMPRE, PORQUE O BEM SEMPRE VAI VENCER O MAL.

A representação que protocolaram no TCE dizendo coisas totalmente absurdas FOI ARQUIVADA, mostrando que além de maldosos estão mal assessorados.


Curiosamente, outras duas empresas tentaram derrubar o edital, levantando argumentos sem fundamentação jurídica, mas os recursos foram arquivados

Comentários


bottom of page