Autoescola pode deixar de ser obrigatória para quem quiser tirar a CNH

Um projeto de lei que propõe mudanças no processo para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) avançou no Congresso. Entre outros pontos, o projeto desobrigaria as aulas de autoescola para conseguir a carteira.

A ideia é que as provas teóricas e práticas continuem sendo exigidas. O que mudaria é que os alunos poderiam se preparar individualmente ou com instrutores independentes.

A proposta é que os instrutores sejam credenciados pelo Detran. Dentre os requisitos, estão ter habilitação há pelo menos três anos e não ter tido a CNH suspensa ou cassada nos últimos cinco.


Saiba mais sobre o projeto NESTE LINK

O OBJETIVO

A senadora Kátia Abreu, autora do projeto, destaca que o valor total para obtenção da carteira pode chegar a R$ 3 mil, sendo que a obrigatoriedade de frequentar as aulas corresponde a 80% do valor — isso se passar direto.

Ela defende que o projeto deixaria a CNH mais acessível, além de destacar que a direção do veículo pode ser aprendida pela prática e observação, muitas vezes dentro do próprio núcleo familiar.

A proposta inclui ainda que parte do valor arrecadado com multas de trânsito seja usado para financiar quem busca a primeira CNH ou quem pretende mudar de categoria com objetivos profissionais.