top of page

Aluna da primeira turma de formandos do UNIJALES visita instituição após 50 anos


Agosto encerrou-se da forma mais gratificante possível! O Centro Universitário de Jales (UNIJALES) recebeu a ilustre visita de Michiko Matsuchita Murakava, aluna da primeira turma da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Jales – Faficle. Michiko, hoje, moradora de Campinas/SP, veio acompanhada de sua filha, Marcia Handa, e se emocionou ao visitar a instituição décadas depois de sua formação. Recepcionada pelo reitor do UNIJALES, Oswaldo Soler Junior, a docente caminhou pelos corredores do prédio, relembrando um pouco sua trajetória.


Vínculo forte


Engana-se quem pensa que a história da professora de 83 anos se iniciou em 12 de abril de 1970, data do primeiro vestibular realizado; Michiko também fora aluna da Escola Técnica de Comércio de Jales, 10 anos antes, que tinha como diretor o fundador do UNIJALES, professor Oswaldo Soler. Em 1969, pelas mãos de Oswaldo também, Michiko recebia seu histórico escolar do curso Colegial de Formação de Professores Primários, por meio do Instituto de Educação “D.ª Leonor Mendes de Barros”, também assinado por Oswaldo.


Gratidão


A visita emocionou-se ao voltar ao local onde toda sua carreira profissional iniciou. Para ela, quando anunciaram a abertura de uma faculdade na cidade foi momento de grande euforia. “Pensei: agora posso estudar”, afirmou. A docente, em uma pequena folha de papel, escreveu um breve agradecimento, a qual leu gratificando aos pais do reitor, pela oportunidade de cursar na Faficle.

“Sinto imensa gratidão aos seus pais, pois meu maior sonho era ter um diploma de faculdade e ter uma profissão.” A ex-aluna dissertou que, a ação do professor Oswaldo Soler e de sua esposa, Ivoni Corby Fuster Soler, por trazer a faculdade para Jales ajudou muitas pessoas a melhorarem e mudarem suas vidas. Michiko revelou que pretende escrever um livro e dedicar aos fundadores do UNIJALES futuramente.


Reconhecimento


O reitor do UNIJALES, Oswaldo Soler Junior, sentiu-se privilegiado por ouvir as palavras e ver que o Centro Universitário de Jales, desde sua abertura, deu novos rumos às carreiras de tantos moradores de Jales e região, que também fizeram a diferença lecionando para inúmeros brasileiros afora e frisou que o UNIJALES sempre estará de portas abertas a quem quiser visitá-lo, assim como Michiko e sua filha, sendo uma honra recebê-las e ter a certeza que o ensino é o caminho certo a ser seguido.

Comments


bottom of page