Todos os direitos reservados .Todo o conteúdo, incluindo texto,fotos e áudios,protegido pela Lei Federal 9.610 de 19 de fevereiro de 1998 e pela "Declaração de Hamburgo". Autorizada reprodução desde que citada a fonte.

Contato (17) 99628-5171

ou alexandreribeiro.carioca@gmail.com

Servidores municipais de Jales conquistam 5,5% de reajuste no salário e 34,6% na cesta básica

January 24, 2019

A Assembleia Geral realizada no final da tarde de hoje, quarta-feira, 23, pelo Sindicato dos Servidores Municipais de Jales e Região, para discutir a convenção coletiva dos trabalhadores do Município de Jales se mostrou, mais uma vez, bastante frutífera. A categoria conquistou 5,5% de reajuste salarial em 2019 extensivos a aposentados e pensionistas, sendo 4% a serem pagos imediatamente na Folha de Pagamento de fevereiro mais 1,5% em setembro. A cesta básica (tiquet-alimentação) também será reajustada em 34,6%. Atualmente o benefício é de R$ 245,00 mensais, mas passará imediatamente para R$ 310,00 e voltará a ser reajustado em agosto, quando chegará a R$ 330,00. Finalmente, os servidores também terão direito a seis faltas anuais para tratamento de saúde grave.

 

O resultado da convenção será enviado para a Câmara Municipal na forma de Projeto de Lei que deverá ser votado em Sessão Extraordinária a ser realizada a tempo de o reajuste ser incluído na Folha de Pagamento de fevereiro.

Os moldes da proposta tinham sido mencionados pelo presidente do Sindicato, José Luis Francisco em conversa informal com o prefeito Flávio Prandi Franco, mas as negociações tomaram forma pouco antes da assembleia, numa reunião entre a diretoria e a assessoria jurídica da entidade, o prefeito e o secretário municipal de Fazenda, Nivael Renesto.

Os servidores deixaram claro que precisam recuperar o seu poder aquisitivo, que foi achatado em administrações passadas, especialmente durante o mandato de Nice Mistilides, durante o qual a categoria perdeu pelo menos 3%. O prefeito reconheceu o direito dos trabalhadores, mas ressalvou que precisa ficar atento aos limites impostos pela legislação.

Por fim, a categoria aceitou a contraproposta de 2% de aumento real, além dos 3,5% de reposição da inflação do último ano.

 

 

José Luis Francisco comemorou. “No ano que vem vamos buscar o outro 1% que ficou pra trás, mas foi uma vitória. O prefeito só tem obrigação legal de conceder o índice inflacionário e conseguimos mais do que isso. Também se faz justiça com o aumento na cesta básica, que vai beneficiar principalmente os servidores mais carentes, que são a grande maioria. Tem servidor que não consegue comprar os gêneros mais básicos do dia-a-dia, então essa cesta vai ser de muita valia”. 

O prefeito lembrou que cada real concedido ao funcionalismo tem impacto direto nas contas municipais e que precisa manter em mente a previsão de contratação de novos servidores que forma aprovados em concurso. “Temos déficit de servidores em muitos setores e precisamos preencher esses lugares para continuarmos prestando um bom serviço à população, então, não posso esquecer que o que eu der agora, já estará sendo contado no salário dos que ainda vão chegar. Mas os servidores têm feito a diferença e compreendemos a necessidade deles”.  

 

Flá elogiou a capacidade de organização do Sindicato, que se antecipou e concluiu a convenção coletiva logo no início do ano. Ele também lembrou que dificilmente outro município da região conseguirá índice equivalente.  

 

REAJUSTE SALARIAL - 4% de reajuste imediatamente 1,5% em setembro,

CESTA BÁSICA – 34,6%, passando de R$ 245,00 para R$ 310,00 imediatamente e R$ 330,00 a partir de agosto.

ABONO – 6 faltas abonadas por ano

Please reload

Fundo Social realiza 3º Arrastão Solidário e arrecada alimentos para montagem de cestas

Telemarketing da Santa Casa de Jales solicita "13ª doação" a clientes fidelizados

Cantata de Natal em comemoração aos 60 anos de criação da Diocese de Jales

Hospital de Amor Jales promove a 1ª Corrida pela Vida, em apoio ao Novembro Azul

1/3
Please reload