Todos os direitos reservados .Todo o conteúdo, incluindo texto,fotos e áudios,protegido pela Lei Federal 9.610 de 19 de fevereiro de 1998 e pela "Declaração de Hamburgo". Autorizada reprodução desde que citada a fonte.

Contato (17) 99628-5171

ou alexandreribeiro.carioca@gmail.com

Fernandópolis confirma morte de macaco por febre amarela e prefeitura inicia vacinação

December 28, 2016

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Fernandópolis recebeu, na segunda-feira, 26, a confirmação do primeiro caso de Febre Amarela em um macaco neste ano. O animal foi encontrado morto na área urbana da cidade no dia 8 de dezembro.

 

 

O macaco estava entre o Asilo São Vicente de Paulo e o salão Recanto do Tamburi e foi levado para avaliação laboratorial no IAL (Instituto Adolfo Lutz).

A Prefeitura iniciou nesta terça-feira, 27, uma campanha de vacinação contra a doença. Os moradores da região onde o animal estava recebem a visita de enfermeiros em suas casas, mas aqueles que não forem encontrados devem procurar a unidade de saúde de seu bairro.

A Central de Saúde tem horário especial de funcionamento nesta terça e quarta-feira, 27 e 28 de dezembro, até às 21h para avaliação das carteiras de vacina da população.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, todos devem ficar atentos aos sinais e sintomas da Febre Amarela, que são: febre alta, calafrios, dor de cabeça forte, mialgia (dor muscular), fraqueza, náusea e vômito, durante cerca de três dias e icterícia (corpo amarelado). Quem apresentar qualquer um desses sintomas deve procurar atendimento médico imediatamente.

Este é o primeiro registro da doença em animais no município. Não há nenhum registro até o momento de casos em humanos.

Toda a população deve levar sua carteirinha de vacina para atualizar na unidade de saúde mais próxima de casa.

 

Please reload

AVCC promove tradicional Bazar de Natal na próxima semana

Procon e Iamspe passam a ocupar ocupar camarins do Teatro Municipal

Prefeito parcela repasses atrasados com o IMPS em 36 vezes

TCE-SP aprova contas municipais, mas critica falta de planejamento, transparência e até descumprimen...

1/3
Please reload