top of page

Vigilância Epidemiológica reforça alerta de prevenção e combate ao Aedes aegypti


Para que não haja o aumento de criadouros do Aedes aegypti, já esperado nesta época do ano, em função das chuvas e do calor típico, o setor de Combate às Endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Jales está fazendo um alerta à população para que elimine os criadouros do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Notícias de Jales empregos em Jales Notícias

De acordo com a coordenadora do setor, Vanessa Luzia da Silva Tonholi, de janeiro até o dia 6 de dezembro foram registradas em Jales 737 notificações, desse total 406 positivos autóctones e 12 positivos importados.

“Importante destacar que no mês de outubro tivemos 16 notificações, desse total, 2 casos positivos importados e com o início das chuvas, em novembro, as notificações saltaram para 58, sendo até o momento 20 positivos autóctones. Desses 20 positivos, 14 são da área de abrangência da unidade de saúde do JACB”, informou a coordenadora Vanessa.

Diante do aumento do número de casos, a equipe da Vigilância Epidemiológica está realizando vários bloqueios nas áreas próximas ao Jacb, aplicando inseticida e também orientando os moradores sobre as medidas preventivas. “Pedimos à população que aumente os cuidados preventivos, que reserve um tempinho do seu dia para verificar o quintal, as calhas, as lajes de casa e qualquer outro possível reservatório de água. Precisamos evitar que haja também uma epidemia de dengue, para isso contamos com a colaboração de todos”.

Dengue Aedes aegypti Jales Notícias

Os principais sintomas da dengue são febre alta, dor de cabeça, dor no corpo e atrás dos olhos, náusea, vômito e diarreia. Nem todos esses sintomas se manifestam e, por serem parecidos com alguns dos sintomas de infecção pelo coronavírus, a Prefeitura de Jales orienta, em caso de dúvida, que o munícipe procure a unidade básica de saúde mais próxima de sua residência para realização de exames.

Comentarios


bottom of page