top of page

UPAs de Jales e Fernandópolis registram mortes de mulheres que esperavam vagas para internação


Duas mulheres que estavam internadas nas UPAs (Unidade de Pronto atendimento) e Jales e de Fernandópolis morreram antes de conseguir vagas em hospitais para internação. A paciente de Jales morreu na tarde de quarta-feira, dia 10, tinha 77 anos e era uma das nove pessoas internadas na unidade.

A de Fernandópolis também era idosa e tinha perdido o irmão por conta da Covid-19. Ela estava entubada na UPA aguardando uma vaga para internação. Outras quatro pessoas estavam na mesma situação. A santa Casa daquela cidade informou que a UTI para síndromes gripais está com ocupação de 180%.


Como o sistemas de saúde está em colapso e não há vagas nas UTIs dos hospitais, os pacientes que necessitam de UTI permanecem aguardando vagas que, muitas vezes, não surgem a tempo.

bottom of page