top of page

Tem um verão no meu outono: Onda de calor se mantém no Brasil até a segunda semana de maio

Segundo o portal Climatempo, temperatura máxima em Jales permanece acima de 36ºC até o dia 15 de maio. Com pouquíssima possibilidade de chuvas ocasionais


Desde o último dia 22 de abril, o Brasil enfrenta uma onda de calor fora do comum, e as previsões indicam que essa condição se estenderá até pelo menos o dia 10 de maio de 2024. No final de semana passado, as temperaturas atingiram níveis excepcionais, especialmente nas regiões centrais do país.

 

Impactos regionais

 

No sábado, Cuiabá, no Mato Grosso, registrou uma temperatura impressionante de 37.2°C. No Rio De Janeiro, Jacarepaguá marcou 36,0°C e Diamante do Norte, no Paraná, alcançou 35,3°C, segundo dados do INMET. No domingo, a situação se repetiu, com o Rio de Janeiro novamente liderando o ranking das temperaturas mais altas do país, com diversas regiões superando os 38°C.

 

Persistência do calor

 

Essa é a quarta onda de calor a atingir o Brasil recentemente, e ela promete se intensificar ainda mais e atuar até o dia 10 de maio. O sistema de alta pressão em médios níveis da atmosfera continua bloqueando o avanço das chuvas sobre as áreas afetadas, além de intensificar a circulação do ar, o que impede a formação de nuvens de chuva intensas e eleva ainda mais as temperaturas. Regiões marcadas em vermelho no mapa podem esperar temperaturas mais de 5°C acima do normal nos próximos dias.



Efeitos inesperados

 

É importante ressaltar que, nesta época do ano, o calor costuma ser menos intenso devido à menor incidência de radiação solar e dias mais curtos. No entanto, essa onda de calor está trazendo temperaturas típicas de verão para o outono brasileiro, desafiando as expectativas climatológicas usuais para o mês de maio.

Comments


bottom of page