top of page

Ocorrências de tráfico de entorpecentes aumentam 12% este ano


Comparativo entre os seis primeiros meses de 2023 com o mesmo período de 2022

mostra que aumento no número de ocorrências do tipo


do Jornal A Tribuna

Balanço estatístico da produtividade policial fornecido pela Secretaria de Segurança

Pública do Estado de São Paulo mostra um ligeiro aumento nas ocorrências de tráfico

de entorpecentes em Jales no primeiro semestre de 2023 em relação ao primeiro

semestre do ano anterior. Este ano foram 74 ocorrências de tráfico de entorpecentes

no primeiro semestre. No mesmo período do ano passado, foram 66. Em 2022 foram

51 ocorrências.

Por outro lado, houve queda acentuada no número de ocorrências de porte de

entorpecentes. Entre janeiro e junho de 2023, houve 31 casos. No mesmo período de

2022, foram 48, um aumento absoluto de 17 casos, proporcionalmente 54,8%. Porém,

pode ter havido um pico de registros naquele período já que em 2021, foram 34.

PRISÕES

Também houve aumento no número de prisões e de pessoas presas em flagrante e por

mandato. No primeiro semestre deste ano, foram efetuadas 276 prisões. Sendo que a

grande maioria delas, 226, foram de pessoas presas em flagrante, e 75 por mandato.

A aparente disparidade pode ser explicada pelo fato de que a prisão por mandato

demanda um longo processo que envolve investigação, inquérito e autorização

judicial. No mesmo período foram instaurados 570 inquéritos policiais e lavrados 201

flagrantes.

No primeiro semestre de 2022, foram efetuadas 222 prisões, sendo 184 pessoas

presas em flagrante e 66 pessoas presas por mandato. Entre janeiro e junho de 2022

foram instaurados 469 inquéritos e lavrados 156 flagrantes. No mesmo período de

2021 foram instaurados 449 inquéritos policiais e lavrados 126 flagrantes.


Caso recente também envolveu menor de idade



O caso mais recente de tráfico de drogas relatado pela Polícia Militar foi registrado

na noite de 6 de agosto, no Jardim Brasil, e envolveu corrupção de menores de idade.

Segundo a Comunicação do 16º BPM/I, a equipe policial efetuava o patrulhamento

pelo Jardim Brasil para coibir o crime de tráfico e outros ilícitos quando visualizou

uma mulher em atitude suspeita recebendo dinheiro de um rapaz de bicicleta. Ela já é

conhecida nos meios policiais por tráfico de drogas, inclusive por já ter cumpriu pena

pelo mesmo delito, e o indivíduo por ser usuário. O homem consegui escapar da

abordagem policial usando a bicicleta. Porém, ao abordarem a mulher, os PMs

perceberam que ela colocou alguma coisa nas vestes de uma adolescente, que foi

abordada em seguida. Os policiais constataram que era um invólucro plástico com 25

pedras de crack, 1 porção de cocaína e a quantia de R$ 10,00. Com apoio de outras

equipes militares, a mulher foi abordada e apresentada na Central de Polícia

Judiciária, onde o delegado elaborou o boletim de tráfico de drogas, associação para o

tráfico e corrupção de menores, imputados à mulher, e ato infracional de tráfico de

drogas e associação para o tráfico à menina, sendo ouvidas e liberadas.

Comments


bottom of page