top of page

Motoristas exigem prioridade na vacinação e ameaçam com lockdown nos transportes


A Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de São Paulo,

junto com seus sindicatos filiados encaminhou ao governador João Doria solicitação

para que seja dada prioridade aos motoristas na campanha de vacinação contra a Covid

19. Depois de uma reunião plenária no dia 1º de abril, na sede do SINDMOTORISTAS

- Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São

Paulo foi dado prazo até o próximo dia 20 para que seja fixada uma data para essa

inclusão. Caso contrário, a categoria promete uma paralisação completa dos transportes

do Estado nesse dia. Também não está descartada uma paralisação geral, se nada for

decidido.

Os motoristas afirmam que o lockdown conta com o amplo apoio e participação de

todas as entidades e centrais sindicais do Estado de São Paulo para exigir providências

das autoridades estaduais e municipais para definir prioridade e data para a imunização de todos os trabalhadores em transporte.

O presidente do Sindicato dos Motoristas de Jales e Região e diretor da federação, José

Roberto da Silveira lembra que muitos profissionais estão morrendo no exercício da

profissão, considerada como atividade essencial por transportar pessoas, mercadorias e

equipamentos utilizados na área de saúde.

Jales Noticias de Jales
O presidente do Sindicato dos Motoristas de Jales, José Roberto da Silveira

Entre as entidades que apoiam a mobilização estão a UGT (União Geral dos Trabalhadores), CUT (Central Única dos Trabalhadores), Força Sindical, CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), Nova Central Sindical, CNTTT (Confederação Nacional dos Trabalhadores dos Transportes Terrestres), ITF- Federação Internacional dos Trabalhadores em Transportes e FESTT-CUT (Federação Estadual

dos Trabalhadores em Transportes e Trânsito do Estado de São Paulo).

A carta enviada ao governador é assinada pelo presidente da Federação, Valdir de Souza

Pestana, pelo presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e

Logística, Paulo João Estausia e pelo presidente do SINDMOTORISTAS e deputado

federal José Valdevan de Jesus Santos (Noventa).

Comments


bottom of page