top of page

Flá demora mais de dois meses para fornecer cestas a estudantes carentes


Suspensão das aulas foi decretada em 17 de março, mas somente em 12 de maio, licitação para compra de cestas básicas será finalizada. Alimentos só devem ser entregues no fim do mês


Saiu em A Tribuna


Se tudo correr sem problemas, terão se passado incríveis dois meses entre a publicação do decreto de emergência em saúde no município e a compra de cestas básicas para estudantes carentes que ficaram sem merenda escolar durante a quarentena. Em 17 de março, o prefeito Flávio Prandi Franco (DEM) publicou o decreto que, entre outras medias, determinou a suspensão das aulas no município por tempo indeterminado. Porém, somente no dia 12 de maio (57 dias depois) a prefeitura vai finalizar a licitação para aquisição de cestas básicas para serem distribuídas para estudantes carentes. Não está contado nesse período o espaço entre a homologação da licitação, a entrega dos produtos (que será feita diretamente nas escolas) e a distribuição efetiva aos estudantes. O edital diz que o prazo para a entrega dos documentos da empresa para análise da prefeitura é de ate cinco dias a contar da realização da licitação. Esse é o mesmo prazo para entrega dos alimentos a partir da solicitação pela prefeitura.

Além da demora na realização da licitação e na entrega da alimentação aos estudantes, muitos dos quais só contam com uma refeição diária, a compra dos alimentos pode vir depois que as aulas voltarem. Na última quarta-feira, 22 de abril, o Governo do Estado anunciou que iniciará o processo de relaxamento da quarentena no dia 11 de maio e que anunciará o cronograma do fim da quarentena no dia 8 de maio, quatro dias antes da licitação da prefeitura. Ou seja, o município corre o risco de só entregar os alimentos depois do fim da quarentena estadual e quando as aulas já tiverem voltado ao sistema presencial.

A situação só não é pior porque a sociedade civil organizada está realizando uma campanha de arrecadação e distribuição de alimentos às pessoas mais necessitadas. A campanha é liderada pela Igreja Católica (Paróquia da Catedral) e conta com a participação de diversos igrejas, empresários, cidadãos comuns e com o apoio do Fundo Social de Solidariedade.

MÁXIMO DE 8 MIL

O edital prevê a aquisição de até 8 mil cestas básicas que poderão ser entregues pelo período de 12 meses de forma parcelada e em conformidade com a necessidade. O custo unitário é de aproximadamente R$ 74,00. Mas como se trata de uma disputa na qual vence o fornecedor que apresentar o menor preço, a expectativa é que o preço final seja menor.

A cesta deve ser entregue montada, acondicionada em saco plástico resistente, composta pelos seguintes gêneros alimentícios:

1 kg de açúcar cristal

5 kg de arroz agulinha

p2 acotes de 400 gramas de biscoito maisena

2 kg de feijão carioquinha

2 litros de leite integral,

2 pacotes de macarrão parafuso de 500 gramas,

2 óleos de soja de 900 ml,

12 ovos

1 kg de sal,

2 extratos de tomate de 340 gramas 1 kg de fubá




CADASTRAMENTO


O recebimento das cestas, contudo, não será automático nem levará em consideração qualquer cadastro do fundo Social de Solidariedade ou da Secretaria Municipal de Promoção Social. Para ter direito de retirar as cestas, os alunos carentes precisão comparecer às escolas em datas e horários predeterminados, conforme comunicado enviado pela Secretaria de Educação às famílias e publicado no Facebook da prefeitura.

O cadastro para triagem será feito na direção da escola do aluno matriculado, pelos pais ou responsável, de 27 a 30 de abril, das 8h às 12h, conforme datas e classes especificadas no cronograma.As famílias que tiverem dois ou mais alunos matriculados em diferentes escolas municipais só poderão retirar uma única cesta em uma escola.

Para não haver aglomeração, solicitamos que apenas uma pessoa responsável pela criança matriculada compareça para a realização do cadastro.

Nas EMEIs a retirada será feita nos dias 27/04 (Berçário I), dia 28/04 (Berçário II), Dia 29/04 (Maternal I), Dia 30/04 (Maternal II). Nas escolas municipais será nos dias 27/04 (Pré I e Pré II), Dia 28/04 (1º e 2º ano), Dia 29/04 (3º e 4º ano) e no Dia 30/04 (5º ano).


コメント


bottom of page