Defesa Civil alerta para risco de incêndio em razão das altas temperaturas


A Defesa Civil do Estado informou na segunda-feira, dia 23 de agosto, que até a quinta-feira, dia 26, as temperaturas tendem a subir gradativamente, com momentos de calor intenso em todo o Estado de São Paulo. Na região de São José do Rio Preto, que inclui Jales, as máximas podem ficar entre 36 e 38º C.

Segundo Paulo Corrêa, coordenador municipal da Defesa Civil, como não há previsão para chuvas, a umidade relativa do ar permanecerá baixa e o risco de incêndios aumentará ainda mais nesse período.

Nos últimos dias, focos de incêndio em coberturas vegetais têm aumentado pelo território paulista, principalmente nas regiões metropolitana de São Paulo, centro-oeste e noroeste do Estado. Em alguns casos, devido à intensidade e rápida propagação do fogo, faz-se necessário o combate por meio de aeronaves de asa-rotativa ou de asa-fixa.

Estudos apontam que a maior parte dos incêndios florestais é decorrente de ação antrópica, ou seja, causados pelo homem, de maneira acidental ou intencional. As causas mais comuns, são queimadas para limpeza de terreno ou destruição de lixo; cigarros descartados acesos às margens de rodovias e soltura de balões.

“Além de ser crime, estudos apontam que a cada três balões postos no ar, dois caem acesos”, ressaltou Paulo.

Para combater esse tipo de ação, a Defesa Civil reforça a necessidade de conscientização de toda a população, a fim de que tais ocorrências sejam evitadas, e caso se depare com algum foco de incêndio, deverá acionar imediatamente o Corpo de Bombeiros (193) ou (17) 99637 4564 (Defesa Civil).

“Não é recomendado que pessoas sem treinamento e equipamentos necessários, tentem apagar o incêndio, pois elas correm o risco de se ferir durante a ação”, alertou o coordenador municipal da Defesa Civil, Paulo Correa.