Carlão Pignatari recebe homenagem da Polícia Militar Ambiental por serviços ao meio ambiente


Medalha foi concedida pela corporação durante cerimônia do 33° aniversário do 4° Batalhão de São José do Rio Preto



O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, deputado Carlão Pignatari, foi homenageado nesta quinta-feira (12) pela Polícia Militar Ambiental com a medalha “Cinquentenário da Polícia Florestal e de Mananciais”.

A homenagem, concedida pela corporação, é destinada a pessoas que vêm prestando serviços de colaboração e defesa do meio ambiente. A cerimônia foi realizada nesta manhã em São José do Rio Preto, durante o 33º aniversário do 4° Batalhão de Polícia Ambiental da cidade.

“Estou muito feliz e honrado em receber essa homenagem da Polícia Militar Ambiental do Estado de São Paulo, que tem feito um excelente trabalho, por meio dos seus homens e mulheres. Essa corporação tem um importante valor para nós, paulistas, e podem continuar contando com meu apoio para a execução dos excelentes serviços prestados à sociedade”, disse Carlão Pignatari.

O comandante do Policiamento Ambiental do Estado, coronel Dinael Carlos Martins, participou do evento, assim como outros representantes da Polícia Militar do Estado de São Paulo e autoridades municipais e regionais.

Instituída pelo decreto 44.488/1999, a medalha confere a honra às personalidades civis e militares que em algum momento contribuíram com os trabalhos da polícia ambiental do Estado.


Presidente da Alesp e deputado estadual pelo terceiro mandato consecutivo, Carlão Pignatari nasceu em Votuporanga, município do noroeste paulista, onde também foi prefeito por dois mandatos consecutivos (oito anos).

Como deputado, é um grande incentivador de prefeitos e gestores a angariar recursos para tratamento e coleta de esgoto, bem como destinação de recursos para recuperação de áreas degradas.

Pelo Legislativo, Carlão comandou a implantação do ‘Programa Alesp Preserva’, um conjunto de ações ambientais que incluem economia de papel, energia e água. Além dos projetos em desenvolvimento, como o plantio de árvores para compensação dos gases do efeito estufa, captação de águas pluviais e utilização de energia solar, como alternativa para diminuir o uso de eletricidade.

A Assembleia também já aprovou diversas leis que visam a preservação da flora, da fauna e dos mananciais do Estado de São Paulo.


Assessoria de Comunicação

Deputado Carlão Pignatari