top of page

Bares e restaurantes de SP passam a ser obrigados a fornecer água potável aos clientes

Obrigatoriedade de oferta gratuita de água filtrada em bares e restaurantes vira lei em SP

Proposta da Alesp foi sancionada pelo governador Tarcísio de Freitas nesta terça-feira (12) e visa garantir uma maior proteção à saúde da população


Iniciativa do Parlamento Paulista em defesa do consumidor, a Lei 17.747/23 - que obriga bares, restaurantes, lanchonetes, padarias e estabelecimentos similares a servirem água potável filtrada gratuitamente aos clientes - foi sancionada pelo governador Tarcísio de Freitas. A nova legislação estadual foi publicada nesta terça-feira (12) no Diário Oficial do Estado.


Com a nova norma, os estabelecimentos ficam obrigados a afixar, em local visível aos clientes, cartazes e cardápios informando sobre a gratuidade da água potável filtrada. Os locais que descumprirem a legislação estarão sujeitos às sanções contidas no Código de Defesa do Consumidor.



Prevenção


A nova legislação é oriunda do Projeto de Lei 433/2023, de autoria do deputado Atila Jacomussi (Solidariedade). O parlamentar detalhou sua justificativa ao apresentar a proposta para os colegas da Casa: "A oferta de água é comum nos estabelecimentos. O incomum é a oferta de água potável filtrada", apontou ele. "A filtragem é importante para reter possíveis partículas, como areia, barro, ferrugem, poeira e outros sedimentos, retirar o excesso de cloro e efetuar o controle biológico. Isso contribui para a prevenção de doenças", acrescentou o parlamentar.

Comments


bottom of page