ATENÇÃO: a data da segunda dose da vacina deve ser a da carteirinha de vacinação

O intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina depende do laboratório em que ela foi fabricada

Um esclarecimento importante pedido por vários leitores se refere ao calendário da vacinação da SEGUNDA DOSE da vacina. A Prefeitura anunciou a aplicação da SEGUNDA DOSE em algumas faixas etárias. Porém, alguns idosos nesta mesma faixa perceberam que a "carteirinha de vacinação" prevê uma data diferente. A diferença pode se dar porque os fabricantes de cada vacina determinaram intervalos diferentes. É preciso OBEDECER O QUE ESTÁ NA CARTEIRINHA. Nenhuma outra data.


Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a bula da CoronaVac — produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac — estabelece que o esquema de imunização é de duas doses de 0,5ml, com intervalo entre duas e quatro semanas.

Em relação à Covishield, desenvolvida pela universidade inglesa de Oxford com a farmacêutica sueco-britânica AstraZeneca, a bula aprovada pela Anvisa afirma que a segunda dose deve ser administrada entre quatro e 12 semanas após a primeira dose.