Alunos de 4 e 5 anos da Rede Municipal voltam às aulas no dia 9 de agosto


Volta permanece suspensa para a Educação Infantil (de zero a três anos), mas é facultativa para a rede particular Decreto municipal publicado nesta semana autoriza a volta às aulas e atividades escolares presenciais ou híbridas, de forma gradativa, a partir de 9 de agosto, nas escolas da Rede Municipal de Ensino de Jales nos segmentos de Educação Infantil (4 e 5 anos) e Ensino Fundamental, nas modalidades de Educação Especial e Educação de Jovens e Adultos. Permanecem suspensas todas as aulas e atividades presenciais com alunos, da Educação Infantil (de zero a três anos) em Escolas Municipais até nova avaliação do Comitê de Enfrentamento à covid-19. Fica facultativo o retorno presencial das aulas e atividades com alunos da Educação Infantil da Rede Particular. A retomada das aulas, contudo, devem respeitar parâmetros como a distância mínima de um metro entre pessoas, em todos os ambientes escolares, inclusive naqueles de acesso comum, para o desenvolvimento de quaisquer atividades; Planejamento das atividades em conformidade com a capacidade física da unidade escolar, admitindo-se o escalonamento de horários de entrada, saída e intervalos; Monitoramento de risco de propagação da covid-19, observadas as orientações da Secretaria Municipal de Saúde e da Vigilância Sanitária. A capacidade física deverá considerar a área disponível para desenvolvimento de aulas e atividades presenciais e a presença dos estudantes nas atividades escolares será facultativa até análise das autoridades competentes para o retorno obrigatório. Caberá à Secretaria Municipal de Educação, mediante normativas próprias, organizar o retorno presencial e/ou híbrido e remoto nas escolas da Rede Municipal de ensino de Jales.

Escola Municipal João Arnaldo, no Jardim Paraíso

O prefeito Luis Henrique levou em consideração uma Nota Técnica do Centro de Contingência do Coronavírus, da Secretaria Estadual da Saúde; os efeitos adversos à segurança, ao bem estar e à proteção das crianças e adolescentes com a suspensão de aulas e demais atividades presenciais por longos períodos; e, principalmente recomendações do comité jalesense de combate ao novo coronavirus, que se reuniu virtualmente na manhã de terça-feira.