top of page

Alunos da EM Professora Iracema Pinheiro Candeo visitaram o AterrovSanitário de Jales


Por meio de um projeto realizado em parceria entre as secretarias municipais de

Educação e de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, os alunos dos

4º e 5º Anos da Escola Municipal Professora Iracema Pinheiro Candeo – “Lola”

visitaram o Aterro Sanitário do município. A visita aconteceu na última quinta-feira, dia

5 de outubro.

A ação é voltada para a preservação do meio ambiente e 48 alunos participaram da

atividade monitorada e conheceram os processos que envolvem o lixo, desde a coleta

até o destino final.


De acordo com as professoras das turmas, Michele Epaminondas, do 4º Ano, e Josiane

Santana, do 5º Ano, “a visita teve o objetivo de conscientizar as crianças e despertar o

habito da reciclagem. Foi uma espécie de aula prática que complementou o conteúdo

trabalhado em sala de aula. A ida ao Aterro provocou um impacto nos alunos, pois ver

de perto tudo o que se passa é diferente do que apenas ler nos livros didáticos”.

Durante a visita, o diretor do Departamento de Meio Ambiente da Secretaria

Municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente, o engenheiro

ambiental, João Gabriel Segantine, esclareceu muitas dúvidas apresentadas pelos

alunos e forneceu diversas informações pertinentes ao assunto abordado pela equipe

da escola municipal.

“É muito gratificante participar do processo de aprendizagem dessas crianças. É

importante eles receberem a informação e o conhecimento e assim levar até suas

casas, como por exemplo, a separação do lixo reciclável. Eles aprenderam que a

separação correta dos resíduos diminui a quantidade de lixo que chega até o aterro,

aumentando à sua vida útil”, ressaltou o engenheiro ambiental João Gabriel Segantine.


Embora o conteúdo faça parte da grade curricular da escola, a atividade pode ser

inserida como parte integrante dos caminhos que a Prefeitura de Jales precisa percorrer para conquistar destaque no Selo de Município Verde Azul. O programa,lançado em 2007 pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente, visa estimular os municípios a investirem em melhorias no meio ambiente, auxiliando as prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do Estado.

Para conquistar o “selo”, as cidades precisam atender a 10 diretivas norteadoras da

agenda ambiental local, que envolvem temas como estrutura e educação ambiental,

biodiversidade, uso do solo, resíduos sólidos, município sustentável, conselho

ambiental, gestão das águas, qualidade do ar, arborização e esgoto tratado.

bottom of page