A prefeitura está pedindo autorização para realizar cerca de R$ 2 milhões em convênios


Projetos de abertura de crédito adicional integral pacote que de benfeitorias e obras que incluem Casa da Juventude, patrulha agrícola, academia ao ar livre, ponte, e revitalização da avenida Dr.Euphly Jalles


do Jornal A Tribuna

A Câmara de Jales vota nos próximos dias um pacote de dez projetos de lei

de que autorizam o Poder Executivo a abrir Crédito Adicional Especial na

Lei Orçamentária de 2022. A autorização da câmara é necessária quando o

município faz alterações no orçamento. O pacote atual prevê a inclusão de

verbas oriundas de convênios firmados com os governos Federal e Estadual

para uma série de benfeitorias que, no total, giram em torno de R$ 2 milhões.

O mais vultoso deles é oriundo do Governo Estadual, através da Secretaria

do Desenvolvimento Regional, e destina R$ 1 milhão para revitalização da

Feira do Comboio.

R$ 1 milhão Convênio a ser firmado com a Secretaria do Desenvolvimento Regional, destinados ao “Edificação — Revitalização da Feira do Comboio”,

O segundo maior prevê o recebimento de R$ 790.000,00 também da

Secretaria de Desenvolvimento Regional para a “Construção da Casa da

Juventude”.

Também há previsão de investimentos de mais R$ 359.499,18 da mesma

fonte para execução de Pista de Caminhada e Revitalização dos Canteiros

da Av. Eng Euphly Jalles. A obra está paralisada desde que a prefeitura

encerrou o contrato com a empresa que não venceu a licitação, mas

conseguiu terminar o serviço. O novo valor vai ampliar o projeto original

com mais benfeitorias.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) está

destinando R$ 334.250,00 para serem investidos na construção de uma

ponte. O projeto não traz mais detalhes sobre a localização da obra.

Ainda do Ministério, outro remanejamento de dotação orçamentária prevê

R$ 200.000,00 para Aquisição de Patrulha Mecanizada.

Outros R$ 174.940,00 são oriundos de uma emenda parlamentar do

deputado Fausto Pinato, através do Ministério da Economia e serão

destinados a investimentos não especificados para a execução de obras e reformas na Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária, Abastecimento

e Meio Ambiente.

Por fim, outros R$ 100.000,00 serão destinados pela Secretaria de

Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo para construção de

Academias ao Ar Livre.