Servidores da Câmara querem reajuste diferenciado e Cesta Básica maior que a dos servidores da prefe


Os servidores públicos municipais de Jales prometem acompanhar de perto a votação dos projetos de lei que tratam da convenção coletiva de trabalho da categoria. Os índices de reajuste dos trabalhadores do município foram acordados na assembleia geral realizada na quarta-feira passada,dia 23, e precisam ser incluídos em leis municipais que serão votadas hoje, às 16 horas, durante uma Sessão Extraordinária. 

Conforme o combinado, eles receberão 5,5% de reajuste salarial, sendo 4% a serem pagos imediatamente na Folha de Pagamento de fevereiro mais 1,5% em setembro. A cesta básica (tiquet-alimentação) também será reajustada em 34,6%. Atualmente o benefício é de R$ 245,00 mensais, mas passará imediatamente para R$ 310,00 e voltará a ser reajustado em agosto, quando chegará a R$ 330,00. DIFERENÇA Um dos pontos que estarão sendo observados com atenção especial é a possibilidade de aumento da diferença para os servidores da câmara,que já recebem ganhos considerados muito superiores ao do primeiro grupo. Segundo o que está proposto,os servidores da câmara ganharão 1,5% de reajuste a mais que os do Executivo e a cesta básica deles deve alcançar R$400,00,ou seja,quase 20% maior que a dos colegas que trabalham na prefeitura.