Hospital de Amor promove encontro multidisciplinar para profissionais de Jales e região


O Hospital de Amor Jales realizou, no último dia 30 de novembro, sexta-feira, o “1º Encontro para Discussão de Práticas Fonoaudiológicas no Cuidado ao Paciente Crítico Oncológico e Interdisciplinaridade”, reunindo cerca de 70 profissionais da área da saúde, dentre eles: fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos e nutricionistas da cidade de Jales (SP) e região. Segundo a organizadora e fonoaudióloga do Hospital, Tatiane Cristina da Silva Freitas, a idéia de promover este curso foi para auxiliar os profissionais da rede de saúde na busca de uma melhor capacitação para atender o paciente oncológico. “A fonoaudiologia oncológica não é uma área que dispõe de muitos cursos e aprimoramentos na nossa região. Aproveitamos a oportunidade de promover essa capacitação para a equipe multidisciplinar que tem o contato primário com o paciente e ainda apresentar a nossa forma de trabalho. Foi um momento importante para tirar dúvidas e falar um pouco de todo o tratamento que é realizado com o paciente”, afirmou. O encontro teve 5 horas de duração e contou com 5 palestras, ministradas por profissionais da unidade, como as fonoaudiólogas Anelize Negrão, que falou sobre “Avaliação e reabilitação aos pacientes com disfagia, disfonia, pré e pós-operatórios, em radioterapia e quimioterapia”, e Tatiane, que abordou as “Estratégias fonoaudiológicas nos cuidados e desmame de Traqueostomia e Sondas de alimentação no ambiente hospitalar”. Já a psicóloga Ariane Soler deu ênfase para o tema “O que falar e o que não falar em um acolhimento emocional”. A nutricionista clínica Ananda de Melo Fonseca falou sobre “Cuidados nutricionais aos pacientes em tratamento oncológico em cabeça e pescoço”. O fisioterapeuta Rodrigo Donda, finalizou o curso com a aula “Mitos e verdades nos cuidados fisioterápicos ao paciente pós operatório em cabeça e pescoço”. 

Entre as palestras, os participantes contaram com um coffee break patrocinado pela Nestlé, que também montou um estande para demonstrar produtos que auxiliam no tratamento de pacientes com dificuldades na deglutição. “Ficamos felizes em poder abordar um pouco de todas as áreas envolvidas na reabilitação do paciente crítico. Agradeço o apoio dos profissionais que se dispuseram a palestrar e compartilhar conhecimentos tão importantes”, finalizou Tatiane.