Polícia de Jales foi fundamental para prisão de traficante mineiro com 33 quilos de cocaína


Uma ação conjunta das polícias de Jales e de Ituiutaba-MG (240 km de Jales) prendeu em flagrante um homem de 36 anos que pousava em um motel da cidade. Ele transportava 32 tabletes de pasta base de cocaína e duas pistolas calibre 380 com a numeração raspada com quatro carregadores. Cristiano Daniel dos Santos transportava o material para a cidade mineira, onde a polícia o investigava havia dois meses. Ele foi indiciado por tráfico de drogas e porte de arma de fogo de uso restrito e foi levado para a Cadeia Pública de Santa Fé do Sul.

Segundo a polícia de Minas, aquela corporação, na quarta-feira, os investigadores receberam informações de que o suspeito se preparava para mais uma viagem ao Paraguai, onde costumava buscar drogas que vendia em Ituiutaba. Na noite de sexta-feira, o traficante chegou a Jales e decidiu pernoitar num motel da cidade, onde o suspeito foi preso com apoio da polícia de Jales.

O delegado regional de Ituiutaba, Carlos Antônio Fernandes, trouxe uma equipe de aproximadamente 16 homens para a operação. Ele disse em entrevista que a suspeita é que o homem transportava drogas do Paraguai para a cidade."Monitoramos esse veículo e o indivíduo com o apoio da polícia de Jales, que deu apoio para efetuar a prisão. Apreendemos 33 kg de drogas, duas armas semi-automáticas e o veículo".

Como a prisão ocorreu em Jales, a polícia paulista vai seguir com o caso, mas as investigações em Minas continuam. "O suspeito se colocava à disposição dos traficantes de Ituiutaba, descia ao Paraguai e trazia drogas para a cidade. Ele ganhava em torno de R$ 2 mil a R$ 4 mil. Vamos fazer uma parceria com a Polícia Civil de São Paulo para levar a cabo as investigações dos suspeitos que temos e encaminhá-los para as bases da justiça", explicou.

A operação começou no fim da madrugada e só terminou por volta de 8 horas da manhã de sábado. Foi preciso auxílio do Corpo de Bombeiros para serrar a lataria do veículo, onde a droga estava escondida. O homem estava sozinho e não reagiu.

De acordo com o delegado mineiro Leonardo Spínola de Oliveira, que compareceu na Central de Polícia de Jales, também contou em entrevista que o traficante estava sendo monitorado havia semanas e a polícia interceptou o trajeto que ele faria de volta do Paraguai para o Brasil. “Ele tinha guardado em compartimento escondido no carro dele, 32 quilos de droga e duas armas de fogo, que ele levaria para Ituiutaba, onde funciona um entreposto de drogas famoso no Brasil. As armas ficariam com os integrantes da quadrilha, mas a droga seria revendida”.

Ele elogiou o apoio da equipe da Polícia Civil de Jales, que segundo ele, “foi fundamental para o êxito da operação”.

A delegada Maria Letícia, que estava de plantão, disse que o preso não quis se pronunciar. A pasta base seria usada na produção de aproximadamente 100 kg de crack ou cocaína. O detido foi levado para a cadeia de Santa Fé do Sul, a droga e o carro, um Ford Focus Hatch, placas NWD-2696, de Ituiutaba-MG, foram apreendidos.