Vereador Chico solicita informações sobre valor arrecadado com IPTU


Durante Sessão Ordinária, o vereador Adalberto Francisco de Oliveira Filho – Chico do Cartório (MDB) apresentou um requerimento pedindo que a Prefeitura informe quais foram as receitas totais arrecadadas com a cobrança do IPTU, nos primeiros trimestres de 2017 e de 2018.

No documento, o vereador considerou que, além do reajuste do valor venal dos imóveis, foi realizado um georreferenciamento, que identificou imóveis com dimensões não atualizadas no cadastro da Prefeitura. Esses imóveis tiveram uma revisão no valor do IPTU, resultando em maior arrecadação de valores desse imposto.

“Nós estamos no mês de abril. Nossa cidade está suja, com mato alto, com várias ruas esburacadas e escuras. Para qual finalidade foi o aumento do IPTU? Nós estamos esperando. Nós informamos que iríamos cobrar o prefeito.De quanto foi essa arrecadação? Gostaria que o prefeito nos desse essa resposta para que a gente possa passar para a população”, justificou Chico.

Chico do Cartório

“Podemos complementar esse requerimento questionando sobre quanto foi arrecadado com o georreferenciamento. O muro do cemitério caiu, é uma falta de respeito com as famílias. Até agora já entrou em caixa quase R$ 7,5 milhões de IPTU. A entrada da cidade está suja, abandonada. Não dá para mandar uma equipe para limpar a cidade?A cidade está inteira escura. Com esse aumento todo não dá para dar o básico para a população, que é tampar buracos, deixar a cidade limpa e organizada?”, criticou Tiago Abra (PP).

Chico indagou qual será o destino dos recursos arrecadados, já que é esperada uma receita maior para o primeiro trimestre de 2018.

O requerimento foi aprovado por unanimidade e encaminhado ao Poder Executivo, que tem até 15 dias úteis para enviar resposta ao Legislativo. Todos os requerimentos e suas respostas ficam disponíveis ao público no site da Câmara Municipal (www.jales.sp.leg.br).