Com 60 mil atendimentos em 2016,déficiti da Santa Casa é de R$150 mil por mês


O Plenário Tancredo Neves foi palco para a apresentação da situação financeira da Santa Casa de Jales, na última segunda-feira, 13 de fevereiro, durante a 2ª Sessão da Câmara Municipal em 2016.

Durante a tribuna livre utilizada pelo provedor, Junior Ferreira, foram apresentados os números de atendimento, os custeios e as despesas da instituição nos últimos dois anos. 

Em 2016 foram realizados cerca de 60 mil atendimentos sendo dos 16 municípios referenciados, outras cidades e estados, é como se mais de 60% da região tivesse realizado ao menos um atendimento na Santa Casa de Jales.

Para que o hospital não chegue na “UTI” como outras instituições, o provedor apresentou plano de ações e pediu a colaboração dos vereadores, visto que os custos da Santa Casa ultrapassam R$ 2,4 milhões por mês e o déficit chega em quase R$ 150 mil.

“Não podemos esperar o nosso hospital ficar numa situação ainda pior, precisamos unir forças para mantermos a qualidade no atendimento e prestar um serviço de excelência. Precisamos do apoio da população e dos vereadores nas ações de captação e reforços nos pedidos aos deputados”, esclareceu Junior.

Após a apresentação, os vereadores fizeram uso da tribuna para manifestar suas sugestões e parabenizar o trabalho da gestão e dos funcionários. A sessão da câmara contou com a presença de alguns colaboradores que não mediram esforços para apoiar a instituição que está passando por um momento difícil.