Polícia faz “Operação Asfixia” para cumprir mandados de prisão na Vila União e São Judas


Uma operação asfixia realizada em conjunto pelas polícias Militar e civil, com apoio do Ministério Público movimentou a cidade nesta quarta-feira. De rotineira, a operação não tinha nada. O objetivo era mesmo mostrar que a polícia está presente e tem poder de agir contra os marginais a qualquer momento. a ação surtiu o efeito desejado. Ou seja, impressionou tanto a população quanto a bandidagem, que tratou de se refugiar como pôde.

Helicóptero Águia 17 da Polícia Militar - Jales Notícias

Principalmente por conta da participação do helicóptero Águia 17, que veio de são José do Rio Preto especialmente para a ação. Além da aeronave, seis viaturas da Polícia Militar, duas da ROCAM (Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicletas) e duas da Polícia Civil participaram das buscas.Oficiais do 16ª batalhão também deram apoio. Até o começo da noite, a polícia ainda fazia o relatório da ação, mas informações preliminares e extraoficiais dão conta de que algumas casas foram visitadas e uma porção de drogas foi apreendida. Alguns menores de idade foram recolhidos.

De acordo com o tenente Ednei Ozório, a operação foi previamente agendada e tinha como objetivo mostrar a presença policial, além de auxiliar na visibilidade das buscas. Parte da ação tinha como objetivo combater a onda de roubos que atemorizou a cidade nas últimas semanas.