Polícias Civil, Militar e Federal se reúnem para “trocar figurinhas” sobre a criminalidade


Uma confraternização realizada no antigo Boteko Eventos, no sábado, 14 de janeiro, reuniu aproximadamente 120 policiais de todas as forças, patentes e graduações. Estavam presentes os delegados Cristiano Pádua da Silva (federal), Charles de Oliveira, Sebastião Biazi, Marcos Negreli e Igor Nogueira Jorge (Civil), o tenente Ednei Ozório (Polícia Militar), o tenente Renato Montanari (Ambiental) o subtenente Tondati (bombeiros) entre outros comandantes das corporações.

Polícias Federal, Civil, Militar (Rodoviária, TOR, Bombeiros, ROCAM, Ambiental), Polícia Científica prestigiaram o encontro.

Foi o primeiro evento deste tipo e tamanho que se tem notícia em Jales. A confraternização incluiu churrasco e futebol pela manhã, almoço e até apresentação de duas bandas para ajudar a animar o ambiente.

Além de mera confraternização, o encontro também tinha como objetivo aumentar o entrosamento entre as forças policiais e, nas palavras de um dos organizadores “trocar figurinhas” sobre a segurança pública em Jales e região e fortalecer o combate à criminalidade.

A organização confeccionou um uniforme com o emblema de cada instituição e o nome de cada policial para facilitar o conhecimento entre eles. Sem patentes.

“Estamos somando forças porque a criminalidade já está fazendo isso faz tempo”.

A reunião também serviu como campanha de arrecadação de leite para o Hospital de Câncer. Cada policial levou um litro ou mais. A entrega ainda não tem data agendada, mas será nos próximos dias.