Prefeito garante que dívida com entidades será paga com parte do dinheiro da repatriação


Na última quarta-feira (21), o Vigário Geral da Diocese de Jales, Pe. Antonio Sardinha e o Bispo Diocesano de Jales, Dom Reginaldo, acompanhado dos padres da cidade de Jales, junto com o presidente da AACAJ, Leandro Brandini e o presidente do Projeto Corpo e Mente em Movimento, Valdemar Xavier, com a Coordenadora do projeto Elizangela, se reuniram com o prefeito Pedro Manoel Callado, para definir o futuro das entidades.

As entidades Assistenciais AACAJ e Corpo e Mente em Movimento, estão preocupadas com a falta de repasse de verbas para mantê-las em funcionamento e poder fechar o ano no 100%. Devido à falta de dinheiro que compromete o departamento financeiro, muitas entidades são obrigadas a fecharem as portas, como já aconteceu com outras entidades em Jales.

O prefeito de Jales, Pedro Callado - Jales Notícias

Callado afirma que existem dívidas financeiras com as entidades, e que é um problema nacional, mas garante que pelo menos os pagamentos dos atrasados serão realizados. A repatriação do dinheiro exterior creditado para Jales é de aproximadamente um milhão e 33 mil reais. Deste, será repassado em torno de 50 mil para as entidades assistenciais. Segundo o prefeito de Jales, o objetivo nestes últimos dias de mandato é pagar todas as dívidas.

“O Bispo é nosso condutor”, disse Callado ao agradecer a presença da Diocese de Jales, e seu papel na sociedade, junto às entidades assistenciais.