Sabesp instala reservatório parado desde 2014 no Jd São Jorge


A Sabesp conseguiu instalar, nesta quinta-feira, um reservatório elevado que estava parado havia 15 meses no Jardim São Jorge. O equipamento tem 24,5 metros de altura, capacidade para 150 mil litros e estava impedido de ser instalado por falta de autorização do 4º COMAR (Comando Aéreo Regional) e do 1º Cindacta (Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo) porque poderia interferir no tráfego aéreo da cidade. O terreno onde foi instalado o reservatório fica nas proximidades do aeroporto.

O equipamento vai melhorar o abastecimento de água no entorno no bairro e adjacências e deve entrar em funcionamento pleno em algumas semanas, depois que a companhia concluir algumas obras de tubulação na região.

Finalmente, depois de várias viagens aos órgãos de regulação do tráfego aéreo, em Brasília e São Paulo, a companhia recebeu a autorização. “Foram 15 meses em que R$ 450 mil de equipamentos ficaram no chão esperando. Mas o importante é que agora tudo foi resolvido”, disse, Moacir Camazano Júnior, que coordenou a instalação.

Esse período se refere apenas ao tempo em que a Sabesp se dedicou a desenrolar a burocracia, mas, segundo o jornal A Tribuna, o reservatório chegou a Jales em 20 de agosto de 2014 e estava parado desde então.