Polícia descarta motivação política em homicídio em Santana. Suspeito se entrega


Por volta do meio dia desta quinta-feira (6), o autor do homicídio e da tentativa de homicídio registrados na tarde de sábado (1) na cidade de Santana da Ponte Pensa se apresentou a Polícia onde foi dado cumprimento ao mandado de prisão temporária decretado pela justiça de Santa Fé do Sul.

O delegado José Eduardo Martins que preside o inquérito informou que “Bidega” foi ouvido e após realização de exame de corpo delito E.M.T. de 48 anos de idade está custodiado na cadeia pública da cidade onde aguardará a decisão da justiça.

Versão do autor. – “legítima defesa”.

Santana da Ponte Pensa

E.M.T. conhecido como Bidega, alegou que no último sábado (1) estava na Avenida Santana, em Santana Ponte Pensa no canteiro central, quando o condutor de um veículo esbarrou o retrovisor no braço dele derrubando o copo de cerveja, em seguida ocorrera uma discussão e ainda alega ter sido ameaçado pelo condutor do veículo. Segundo o autor, após a discussão ele teria ido até a residência de uma cunhada e durante o trajeto passou em frente a casa do motorista do veículo, e ocorreu uma nova discussão e a vítima levou a mão à cintura, quando “Bidega” se sentiu em perigo e efetuou o disparo.

Em seguida teria chegada o filho da vítima, momento que aconteceu outro disparo.

Versão das Testemunhas.

Após ouvir cerca de seis pessoas, o delegado disse que a “versão do autor não está encontrando muito respaldo”. As testemunhas disseram para o delegado que houve realmente o esbarrão do retrovisor do veículo no braço do autor no local citado, e não relatam ter ocorrido discussão ou ameaça na Avenida e, pelo que informaram, Bidega correu atrás do veículo da vítima, não conseguiu alcançá-lo e retornou para pegar o seu carro e saiu a caça da vítima até encontrá-lo na sua residência onde efetuou os disparos no Pai e Filho. O pai morreu no local e o filho está internado em observação.

A notícia completa pode ser lida AQUI