PM apreende mais de 300 kg de maconha enterrados em quintal de casa


Fotos de Dayse Maria/Folha da Região

A Polícia Militar de Araçatuba apreendeu 301 quilos de maconha em uma residência no Jardim Atlântico 2, na tarde desta segunda-feira (19), droga avaliada em aproximadamente R$ 120 mil. Parte dela estava dentro de um tambor plástico, enterrado no quintal no fundo do imóvel e o restante no quarto. Três pessoas foram presas em função dessa ocorrência, uma delas com mais 4,5 quilos de crack. Também foram apreendidos mais de R$ 7 mil.

O flagrante foi feito por policiais da Força Tática, após denúncia de que pessoas estariam enterrando entorpecentes no quintal da casa, que é geminada. Equipe foi ao local e foi recebida pela moradora, que negou a existência de drogas na residência. Entretanto, o comandante da Força Tática, capitão Vander Luís Duarte dos Santos, disse que da área da casa era possível sentir o cheiro de maconha.

Ao vistoriar o imóvel, foram encontrados vários tabletes do entorpecente dentro de um tambor plástico e de caixas de papelão guardados no quarto, somando mais de 150 quilos. Cada tablete de um quilo é comercializado por até R$ 400, segundo a polícia. Junto estava uma balança de precisão e material para embalar porções de entorpecente.

Fotos de Dayse Maria/Folha da Região

Como a denúncia era de que havia droga enterrada, os policiais foram ao fundo do imóvel e no quintal encontraram um tambor plástico vazio e um buraco que tinha começado a ser aberto. Eles perceberam que havia um local onde a terra tinha sido mexida recentemente e, próximo, uma pá e uma escavadeira. Ao cavarem no local, encontraram um tambor enterrado e, dentro dele, vários tabletes de maconha. A droga foi retirada do tambor e somou 127 tabletes do entorpecente, com peso variando de 900 gramas a até 1,4 quilo. Diante da grande quantidade de entorpecente, os policiais deram voz de prisão à moradora, que revelou que a droga seria do companheiro dela, que não estava em casa. O acusado foi encontrado em Guararapes, em um Honda Civic com placas de Niterói (RJ), o qual disse ter pego emprestado de um amigo há dois dias. CRACK Ele estava acompanhado de um morador no bairro Verde Parque, onde também foram realizadas buscas e apreendidos aproximadamente 4,5 quilos de crack. Um terceiro suspeito foi preso, pois segundo testemunhas, ele teria deixado parte da maconha na casa onde foi apreendida a grande quantidade de droga. Os policiais foram até a casa dele, no residencial Águas Claras, e encontraram buracos abertos no quintal, semelhantes aos que havia na casa do Jardim Atlântico.

Fotos de Dayse Maria/Folha da Região