Luis Henrique Moreira deve deixar o PP depois das eleições


O presidente do Diretório Municipal do PP (Partido Progressista) em Jales, Luis Henrique Moreira, pode deixar a legenda depois que as eleições terminarem. O destino ainda não está definido, mas tudo indica que o empresário deve ir para o PSC (Partido Socialista Cristão). Uma reunião preliminar sobre a possível transferência foi realizada na última terça-feira, dia 9, no gabinete do deputado Márcio Camargo com quem tem fortes ligações e para quem fez campanha em Jales, em 2012.

Luis Henrique (à direita) com o deputado Márcio Camargo

A iminente transferência reforça os rumores de que Luis Henrique Moreira esteja preparando uma candidatura a deputado estadual em 2018.A postagem da foto da reunião teve ampla e favorável repercussão nas redes sociais.

Empresário do comércio de borracha, Luis Henrique é advogado, se elegeu vereador de Buritama aos 16 anos, foi assessor parlamentar e teve forte atuação nas últimas campanhas eleitorais na região. Foi responsável por uma grande reestruturação no partido na cidade e coordenou diversas campanhas de candidatos a deputado, a prefeito e vereador.

A saída também pode ter relação com o desgaste sofrido pela intervenção comandada pelo grupo do deputado federal Fausto Pinato no Diretório Municipal do PP, presidido por ele.

No dia 19 de julho, Pinato comandou a destituição de Luis Henrique por supostamente ter descumprido a determinação do partido de apoiar o prefeito Pedro Callado, com quem Pinato teria uma dívida de gratidão.

Como o empresário tinha apoiado a candidatura Flá e garça em 2012, o grupo de Callado suspeitava que ele estava inclinado a repetir a parceria. Ele sempre negou o fato.

Luis Henrique recorreu ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo e conseguiu se manter à frente do partido em Jales. Graças ao imbróglio, o PP decidiu, em convenção partidária realizada no dia 26 de julho, se coligar com o PT nas eleições a vereador e não se coligar com ninguém nas eleições para prefeito.