H1N1 - Idosos também serão vacinados a partir deste sábado, 30 de abril


Este sábado, 30, é o 'Dia D' da campanha de vacinação contra a gripe nos postos de saúde. É o dia que começa oficialmente a campanha nacional de vacinação. A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo pretende vacinar 9,5 milhões de paulistas contra o vírus Influenza, causador da H1N1 e outras gripes. O número corresponde à meta de 80% das 11,9 milhões de pessoas que formam o público-alvo da campanha. No 'Dia D', os postos estarão abertos até às 17h.

As doses estarão disponíveis a partir deste sábado (30) na rede pública para bebês com seis meses ou mais e crianças menores de cinco anos de idade. Também serão imunizados idosos a partir dos 60 anos, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias), indígenas, e profissionais de saúde que trabalham nos hospitais e unidades de pronto atendimento, públicos e privados, e nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) em todo o estado.

Especialista esclarece dúvidas sobre a vacina contra gripe. VEJA O VÍDEO

SEGUNDA FASE

A partir do dia 9 de maio, a vacinação se estende para pessoas diagnosticadas com doenças crônicas e demais profissionais de saúde. A campanha termina no dia 20 de maio, para todo o público-alvo em todo o Estado, e a população contará com mais de 4 mil postos de vacinação, que irão funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Além de imunizar a população contra a gripe A H1N1, tipo que se disseminou pelo mundo na pandemia de 2009, as doses irão proteger a população contra os vírus do inverno de 2016, A/Hong Kong (H3N2) e B/Brisbane. A vacina foi produzida pelo Instituto Butantan, órgão ligado à pasta, através de um processo de transferência de tecnologia.