Carlinhos é reeleito presidente da ACIJ


O presidente da Associação Comercial e Industrial de Jales, Carlos Roberto Altimari, fo

Carlinhos explicou que nesse período de crise fica difícil se pensar em planejamento, mas a ACIJ já vem mantendo contatos com a administração municipal e outros segmentos, unindo as forças para superar essa fase de estagnação, já se pensando no que poderá ser feito, quando a economia voltar a crescer. “Nesse período de instabilidade é difícil fazer uma programação definitiva, temos que perceber as necessidades e trabalhar para que as mesmas possam ser atendidas no decorrer da gestão, não adianta falar que vai fazer tal coisa e depois não conseguir, estamos dependendo muito do andamento dessa situação vivida no país”, afirmou.

Na verdade o novo período deverá ser uma continuidade do trabalho que já vem sendo desenvolvido. No curto prazo, ele espera que o Sebrae dê o sinal verde para a instalação do Posto de Atendimento ao Empresário, que já está autorizado e com as instalações prontas, na sede da ACIJ. O Sebrae, como afirmou, é um grande parceiro e o PAE é importante para que o empresário tenha todo o apoio para tirar suas dúvidas e planejar o crescimento com o respaldo dos consultores que estarão prestando esse serviço.

Carlinhos afirmou que os projetos para os próximos dois anos são muitos, como desenvolver um trabalho votado para o fortalecimento das indústrias. Para isso ele já vem se reunindo com o secretário municipal de Planejamento, José Magalhães Rocha, inclusive para a divulgação da lei de incentivos fiscais, para que os empresários interessados em se estabelecer no município possam saber que Jales oferece boas condições para novos empreendimentos.

O presidente da ACIJ faz um balanço bastante positivo dos dois primeiros anos da sua administração, lembrando que foram muitas conquistas, não só para a associação e para os empresário, mas para toda a população, mesmo enfrentando muitos desafios, buscando alternativas para sair da situação vivida no momento.

DIRETORIA

A nova diretoria ficou assim constituída:

Presidente Carlos Roberto Altimari; 1º vice-presidente Antônio José da Cruz; 2º vice-presidente Rosângela Samartino Albino; secretário geral Fabiano Barbosa Molina; 1º secretário Leandro Rocca Lima; 2º secretário Odair Henrique Vicente Assencio; tesoureiro geral Odair Ornelas Brassolati; 1º tesoureiro Rogério Fernandes Peres; 2º tesoureiro João Domingos Rodrigues; relações públicas Nelson Samartino.

Conselho consultivo: Otaviano Brito Aguiar; Fátima Domeneghetti; Rozangela Maria Viola Rensi; Francisco Venturini F. Athaíde; Paulo César

Flávio de Lima; Geraldo Mechi; Ynoés Gaspar Dutra; Izaura Soares da Silva; Marco Antônio Ferreira Nunes

Conselho consultivo nato:

Onivaldo Simioli; Nelson Samartino; Alexandre Alves Rensi

Conselho fiscal: Ribhe Leala; Antônio Queiroz da Silva; Ozélio Barboza Vieira

Suplentes do conselho fiscal: Fernanda Pozzer Fuga; Adler Fonseca da Costa; Maria Dolores Sanches