Prefeitura responde requerimento sobre obras no Parque das Flores e Parque Industrial I


O vereador Hilton Marques (PT), em Sessão Ordinária, questionou qual empresa foi contratada pela Prefeitura para executar as obras de asfaltamento e recapeamento das ruas dos bairros Parque das Flores e Parque Industrial I.

O parlamentar justificou que havia problemas nas obras realizadas.

Marques indagou se houve subempreitas de serviços contratados, qual o prazo para o término das obras e por que as obras estariam paralisadas.

Em resposta ao requerimento, a Prefeitura informou que a empresa Carvalho Garcia Construção e Empreendimentos Eireli foi contratada para executar as obras no Parque das Flores e não há informação de subempreita. O valor do contrato é de R$ 1,6 milhão e o prazo para a conclusão das obras era dia 13 de abril de 2021. A obra está paralisada e está tramitando um processo administrativo de rescisão contratual, pois a empresa não desempenhou os serviços previstos no contrato.


A Prefeitura informou que as obras no Parque Industrial I foram contratadas pelo valor de R$ 1,9 milhões e a data prevista para a conclusão das obras é 11 de agosto de 2021. Durante a execução dos serviços, foram detectadas a presença de redes de água e esgoto que coincidiam com a área de execução dos serviços, causando interferências no processo de escavação das redes de drenagem de águas pluviais da Avenida Industrial, sendo necessárias intervenções da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp).

Outros fatores como as chuvas, atrasos na entrega de materiais e na logística para a execução dos serviços por conta da pandemia de covid-19 foram responsáveis por prolongar o prazo de execução.

Em fevereiro de 2021, a Prefeitura solicitou aos proprietários dos imóveis que construíssem calçamento no prazo de 90 dias. Os imóveis com rampas nas sarjetas também foram notificados pois eram empecilhos para o escoamento de água e afetavam a funcionalidade da obra.

Os técnicos da Prefeitura, da empresa e da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) estão acompanhando a obra para orientação e solução de eventuais intercorrências que possam surgir, garantindo que a evolução dos serviços não seja prejudicada minimizando os transtornos aos moradores.

Os requerimentos e suas respostas podem ser conferidos na página da Câmara (www.jales.sp.leg.br).