Marmorista morre depois de cair do coreto da Praça do Jacaré (retificado)

O homem que foi empurrado por outro de cima do coreto da Praça do Jacaré,no sábado, morreu ontem. Ele sofreu um grave traumatismo craniano e estava em morte cerebral no Hospital de Base de Rio Preto.

SAMUEL DE SOUZA OLIVEIRA,de 42 anos, foi empurrado durante outro uma discussão, caiu sobre a rampa de entrada do banheiro feminino, batendo a cabeça com violência.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, uma viatura da Polícia Militar passava pelas proximidades e um dos policiais viu o momento da queda e foi verificar.

Quando chegou,encontrou "Samuca" desacordado e com um grande sangramento na cabeça.

Samuel teria sido empurrado de cima do coreto da Praça do Jacaré,no sábado, e morreu dois dias depois

Através de testemunhas, identificou o único suspeito e o conduziu até a Delegacia de Polícia,onde ele permaneceu preso.

Na ocasião, André Luiz Martins da Cruz Salomão, de 24 anos, foi indiciado por tentativa de homicídio. Agora, a acusação vai mudar para homicídio consumado.

No BO, consta que André era morador da praça De.Euplhy Jalles, e Samuel era marmorista e morador da rua Congonhas,no Jardim Aeroporto, em Jales.

Inicialmente, informamos que Samuel vivia em situação de rua, mas alguns leitores entraram em contato com o site para pedir que a informação fosse retificada. segundo eles, Samuel não era morador de rua e trabalhava. Pedimos desculpas por qualquer transtorno que tenha sido causado. Em momento algum, foi imputada qualquer acusação contra a vítima.

Todos os direitos reservados .Todo o conteúdo, incluindo texto,fotos e áudios,protegido pela Lei Federal 9.610 de 19 de fevereiro de 1998 e pela "Declaração de Hamburgo". Autorizada reprodução desde que citada a fonte.

Contato (17) 98123-6278

ou alexandreribeiro.carioca@gmail.com