Governo estadual confirma 30 milhões de doses extras e vacinação antecipada de adultos até 20/08


SP também começa a vacinar adolescentes de 12 a 17 anos a partir de 23 de agosto


O Governador João Doria anunciou neste domingo (11) a antecipação de 26 dias na data final para vacinar toda a população com mais de 18 anos com ao menos uma dose contra a COVID-19. O adiantamento para 20 de agosto foi viabilizado com a compra de 30 milhões de doses extras da vacina Coronavac para uso nos 645 municípios paulistas.


“Daqui a 40 dias, todos os adultos que vivem em São Paulo e podem ser vacinados estarão com pelo menos uma dose de vacina no braço”, afirmou.


Com o novo cronograma, pessoas com idade entre 35 e 36 anos poderão se vacinar no próximo dia 15. Entre 19 de julho e 4 de agosto, será a vez de quem tem de 30 a 34 anos. De 5 a 12 de agosto, serão vacinados os que têm de 25 a 29 anos, e entre os dias 13 e 20 serão imunizados os adultos mais jovens, com idade entre 18 e 24 anos.


A antecipação do calendário fez com que a data em que todos os brasileiros de São Paulo com mais de 18 anos estarão vacinados com ao menos a primeira dose contra o coronavírus passasse de 15 de setembro para 20 de agosto.


A chegada de doses extras da Coronavac ocorre após acordo entre o Governo do Estado, o Instituto Butantan e a biofarmacêutica chinesa Sinovac.


Além das vacinas extras que serão usadas apenas pela população de São Paulo, o Governo do Estado se baseia na estimativa de entregas de vacinas do Ministério da Saúde. O calendário considera o início do esquema vacinal, que é composto por duas doses para três dos quatro imunizantes oferecidos no Brasil.

O novo calendário está disponível no site https://vacinaja.sp.gov.br/diadaesperanca/ .


Vacina Já


O pré-cadastro no site Vacina Já ( www.vacinaja.com.br ) é recomendado para todos os públicos incluídos no calendário do PEI e economiza até 90% no tempo de atendimento nos postos de vacinação. O formulário pode ser preenchido no site ou via WhatsApp – basta adicionar o número +55 11 95220-2923 à lista de contatos e enviar um “oi” ou clicar no link wa.me/5511952202923?text=oi.


O preenchimento antecipado não é obrigatório, mas facilita o trabalho dos profissionais de saúde e também reduz as chances de aglomeração nos pontos de aplicação das vacinas contra a COVID-19.



SP começa a vacinar adolescentes de 12 a 17 anos a partir de 23 de agosto


Na primeira etapa da vacinação, entre 23 de agosto a 5 de setembro, grávidas e jovens com comorbidade ou deficiência terão prioridade


O Governador também anunciou a vacinação contra COVID-19 de todos os adolescentes de 12 a 17 anos a partir de 23 de agosto. A inclusão deste público se deve à aquisição de lotes extras de imunizante para atender a uma demanda de 3,2 milhões de pessoas nos 645 municípios do estado.


“Para se ter ideia da importância e do significado desta decisão, todos os jovens e adolescentes com mais de 12 anos até 17 anos estarão vacinados no estado de São Paulo até o dia 30 de setembro”, disse Doria. Na primeira etapa da vacinação, entre 23 de agosto a 5 de setembro, a prioridade será imunizar grávidas e adolescentes que possuem algum tipo de comorbidade ou deficiência.


Em setembro começa a vacinação dos adolescentes por faixa etária. Entre os dias 6 e 19 de setembro será a vez dos quem têm entre 15 e 17 anos. Já entre os dias 20 e 30 de setembro, será a vez de jovens de 12 a 14 anos em todo o estado.


O Governo do Estado autorizou a retomada das aulas presenciais da Educação Básica para o segundo semestre de 2021. “São Paulo foi o primeiro estado a vacinar profissionais da educação. E agora, com o anúncio da vacinação dos jovens e adolescentes gestantes e com comorbidade, daremos um passo importantíssimo para garantir a desejada imunização de toda a população”, destacou o Secretário da Educação Rossieli Soares.