Fausto Pinato questiona a sanidade mental de Bolsonaro



O deputado federal Fausto Pinato, presidente da Frente Parlamentar Brasil-China usou palavras duras para comentar as afirmações do presidente Jair Bolsonaro sobre a possibilidade de o Novo Coronavírus ter sido criado artificialmente para ser usado em uma suposta guerra química, bacteriológica ou até mesmo radiológica. "Estou preocupado sobre um possível desvio de personalidade da maior autoridade do Brasil", escreveu o deputado, em nome da frente parlamentar. “A meu ver, não se trata de uma pessoa irresponsável, desequilibrada e sem noção de mundo. Na verdade pode tratar-se de uma grave doença mental que faz nosso presidente confundir realidade com ficção".


“Penso que estamos diante de um caso em que se recomenda a interdição civil para tratamento médico”, prosseguiu o deputado.

A nota conclui classificando as afirmações com irresponsáveis e defendendo a parceria com o país asiático no combate à pandemia. "Não compactuaremos com afirmações desrespeitosas e irresponsáveis contra a China, que tem sido grande parceira do Brasil na luta contra a pandemia da covid-19 e pela vacinação dos brasileiros. Ofensas à China não podem ser usadas para ofuscar verdades que estão se tornando públicas na CPI da Covid-19”.

A fala de Pinato teve grande repercussão na grande imprensa nacional e foi noticiada com destaque pelos maiores jornais, sites, emissoras de rádio, revistas e TV do país.


Na Band News TV, Fausto Pinato disse que os erros contra a China beiram a insanidade


Na Band News TV, Fausto ressalvou que não tem afinidade com o sistema político/econômico da China, mas destacou que não poderia deixar de se manifestar sobre a agressão contra o principal parceiro do Brasil. “Eu sou de centro-direita, não sou comunista, mas em questão de política internacional, nós temos que pensar no interesse do país. A China é a nossa maior parceira no agronegócio, é um país que tem grandes investimentos em infraestrutura.Até março deste ano, eu era presidente da Frente da Agricultura e a minha nota é para chamar a atenção para erros primários, irresponsáveis, inconsequentes contra a maior parceira comercial. Chega à raia da insanidade. O prejuízo financeiro e moral que isso pode acarretar em fornecimento de insumos...85% dos brasileiros que estão sendo vacinados, estão recebendo vacinas chinesas, então eu pergunto: o que nós vamos ganhar com isso?”

Fausto Pinato também deu entrevista para a Globo News

FALA POLÊMICA

Em cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro insinuou mais uma vez que o Novo Coronavírus, que transmite a covid-19, foi supostamente criado como arma para ser usada em uma nova guerra mundial.

“É um vírus novo, ninguém sabe se nasceu em laboratório ou nasceu por algum ser humano ingerir um animal inadequado. Mas está aí. Os militares sabem o que é guerra química, bacteriológica e radiológica. Será que estamos enfrentando uma nova guerra? Qual país que mais cresceu seu PIB? Não vou dizer para vocês”, disse Bolsonaro.