Duas mulheres são presas depois de esfaquear companheiros. Uma delas em Jales


As páginas de notícias policiais deste fim de semana informam que duas mulheres foram presas depois de esfaquearem os homens com quem teriam relacionamentos amorosos. Em um dos casos, o que ocorreu em Jales, a alegação é que a autora desferiu os golpes depois de uma discussão, mas a polícia ainda investiga as circunstâncias do crime e ainda não se sabe ao certo a relação entre os dois.

O caso aconteceu no final da tarde de domingo. Por volta de 17h30, uma mulher identificada pelas iniciais S.R.S.P, de 53 anos, matou à facadas Jean Paulo Silva Santos, de 39 anos.

A vítima seria Jean Paulo da Silva Santos, de 39 anos

O crime teria ocorrido depois de uma discussão entre os dois, nas proximidades da antiga estação ferroviária, onde eles viviam. Jean e a mulher pertencem a um grupo de sem teto que estão alojados nas dependências da estação há alguns meses. Eles usam energia elétrica e água do local e recebem alimentação fornecida pela Prefeitura, através da Casa Abrigo. as condições são muito precárias e o uso de álcool é constante e há a suspeita de que os sem teto também usem drogas no local.


As rádios antena 102 e Assunção informaram que algumas testemunhas relataram que a mulher gritou por socorro após ter esfaqueado o homem. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) compareceu ao local encontrando o corpo do homem já sem vida e com um ferimento no peito.

A mulher foi presa em flagrante e apresentada no Plantão Policial Permanente da Central de Polícia Judiciária de Jales.

SEPARAÇÃO

Outra mulher foi presa por esfaquear o ex-companheiro no bairro Casa Nova, em Araçatuba , também neste domingo (14).

De acordo com a polícia, a ex-companheira passou na frente da casa do homem e o encontrou com uma mulher. Ela entrou na residência e o golpeou com uma faca; a mulher também teve ferimentos nas mãos.

Após o crime, a agressora acionou o resgate e as vítimas receberam atendimento médico.

A mulher, que disse que estava em processo de separação, foi presa em flagrante por tentativa de homicídio e permaneceu à disposição da Justiça.

Todos os direitos reservados .Todo o conteúdo, incluindo texto,fotos e áudios,protegido pela Lei Federal 9.610 de 19 de fevereiro de 1998 e pela "Declaração de Hamburgo". Autorizada reprodução desde que citada a fonte.

Contato (17) 98123-6278

ou alexandreribeiro.carioca@gmail.com