CDHU oficializa construção de 3.895 moradias do Estado de São Paulo


Jales terá 100 casas


Em meio às denúncias de irregularidades, aumento abusivo de mensalidades e problemas estruturais no Conjunto Habitacional Honório Amadeu,a Prefeitura de Jales assinou convênio com a CDHU para construção de mais cem casas. As novas unidades fazem parte de um pacote amplo de 3.895 casas em todo o Estado.


Na região Noroeste Paulista foram contemplados Sud Mennucci, Urupês, Américo de Campos, Jales, Monções, Santa Clara d’Oeste e Ilha Solteira.

O Programa Nossa Casa já beneficiou 1.239 famílias com renda entre 1 e 5 salários mínimos em todo o Estado de São Paulo. Todos estes mutuários assinaram contrato de financiamento habitacional a juro zero. Anteriormente, a taxa anual de juros cobrada para a aquisição da casa própria era de 7%.



“O Nossa Casa-CDHU é um programa inovador, lançado pelo governador João Doria no final de 2019, destinado a famílias de baixa renda que ganham a oportunidade de financiar sua moradia com prestações que cabem no bolso. Com o apoio do governo do Estado, milhares de pessoas vão realizar seu sonho de conquistar a casa própria e viver de forma digna”, afirmou o secretário de Habitação, Flavio Amary.

Para o presidente da CDHU, Reinaldo Iapequino, a assinatura de novos convênios faz parte de uma ampliação da atuação do governo do Estado. "É muito importante que a gente tenha, dentro de um ambiente adverso, com a pandemia, a continuidade dos programas, das obras e a geração de empregos para que possamos mitigar os efeitos disso para a população mais carente".

Os imóveis vão atender famílias com renda entre 1,5 e 5 salários mínimos. A Secretaria de Habitação concederá subsídios aos beneficiários conforme a renda familiar. Será possível contar ainda com subsídios federais e utilizar o FGTS no financiamento habitacional. Desta forma, o valor das prestações ficará compatível com a capacidade de pagamento das famílias.

Todos os direitos reservados .Todo o conteúdo, incluindo texto,fotos e áudios,protegido pela Lei Federal 9.610 de 19 de fevereiro de 1998 e pela "Declaração de Hamburgo". Autorizada reprodução desde que citada a fonte.

Contato (17) 98123-6278

ou alexandreribeiro.carioca@gmail.com