Alunos da EJA fazem releitura de obras de arte com foco na conscientização do uso de máscaras

Alunos da EJA fazem releitura de obras de arte com foco na conscientização do uso de máscaras

A Escola Municipal Professora João Arnaldo Andreu Avelhaneda, por meio do projeto “Releitura”, desenvolvido pela professora Mariângela Nunes Xavier, educadora da EJA (Educação para Jovens e Adultos), desenvolveu atividade com os alunos onde foram recriadas obras de arte famosas com personagens utilizando máscaras, a fim de pontuar a necessidade de conscientização no período de enfrentamento à pandemia da Covid-19.

A educação vive hoje um cenário de total replanejamento. O ensino a distância está sendo realizado como forma de colaboração com as medidas de isolamento social, que são impostas para evitar a disseminação do coronavírus. O trabalho de conscientização é realizado constantemente através das aulas remotas.


De acordo com a coordenação do EJA, as aulas das disciplinas de Língua Portuguesa, Artes e Matemática estão sendo realizadas diariamente com atividades por meio dos grupos de Whatsapp. Entre as atividades estão leituras de textos, apreciação de obras de arte e releituras, que tem o objetivo de fornecer conhecimento artístico e desenvolver senso crítico do aluno por meio de produções artísticas e textuais.

“Escolhemos fazer releitura dos artistas Tarsila do Amaral e Vincent Van Gogh para que os alunos entendam a importância da arte para a humanidade através dos olhos de um artista europeu e a outra brasileira, que contribuíram para a História da Arte desde os períodos do Realismo até a Arte Moderna, com obras que vislumbram até os tempos atuais”, afirmou a professora Mariângela, idealizadora do projeto.

Dentro do contexto do projeto didático foi possível possibilitar aos alunos, além de realizarem a apreciação das obras destes e outros artistas plásticos, mostrar a importância do uso de máscaras neste momento de pandemia, que se estende mundialmente. Além desses fatores, também foi valorizada a autoestima dos alunos, que foram incentivados a se protegerem sem perder a essência da beleza.

Todos os direitos reservados .Todo o conteúdo, incluindo texto,fotos e áudios,protegido pela Lei Federal 9.610 de 19 de fevereiro de 1998 e pela "Declaração de Hamburgo". Autorizada reprodução desde que citada a fonte.

Contato (17) 98123-6278

ou alexandreribeiro.carioca@gmail.com