Secretário promete que HCâncer não vai fechar, mas hospital pede mais 20 dias


O deputado Itamar Borges, presidente da Frente Parlamentar de Apoio às Santas Casas e Hospitais Filantrópicos da Assembleia Legislativa, esteve em São José do Rio Preto nesta quinta-feira, 23 de junho, para participar da reunião que tratou sobre o não fechamento do Hospital do Câncer de Fernandópolis.

Durante o encontro, o secretário de Saúde, o deputado Itamar Borges e outras lideranças políticas ressaltaram a importância do Hospital do Câncer e o trabalho desenvolvido pela Fundação Pio XII e pelo diretor geral do HC, Henrique Prata.

A Secretaria de Saúde se comprometeu em apoiar a Fundação na busca pelo credenciamento das unidades de Fernandópolis e de Jales no Sistema único de Saúde (SUS), uma das reivindicações da instituição, a manter os repasses de recursos do Governo do Estado e futuramente analisar outras formas de cooperação.

O representante da Fundação Pio XII, Boiam Petrozi, pediu um prazo de 20 dias, para que a instituição responda se continuará a administrar a unidade de Fernandópolis.

O secretário David Uip também afirmou que o Governo do Estado não deixará o Hospital fechar e nem ter redução nos serviços prestados. Se a Fundação Pio XII não continuar a adminsitrar o Hospital do Câncer de Fernandópolis, ele será repassado para o Lar Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus, do Frei Francisco de Jaci.

O deputado Itamar Borges, junto com o deputado Fausto Pinato e outras lideranças, fez gestões em prol do hospital “Esta é a notícia mais importante. O Hospital do Câncer de Fernandópolis continuará em atividade. Em princípio prosseguirá sendo administrado pela Fundação Pio II. Mas, se não for possível, assumirá o Lar São Francisco, do Frei Francisco, que já administra hospitais em diversas cidades de São Paulo, Goiás, Minas Gerais, entre outros Estados”. Ressaltou.

“Como presidente da Frente Parlamentar de Apoio às Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, continuarei fazendo gestões pelo credenciamento das duas unidades do Hospital do Câncer no SUS, e buscando conquistas para os hospitais”, finalizou o deputado Itamar Borges.

O encontro foi realizado na Diretoria Regional de Saúde, e contou com a presença do secretário de Saúde, David Uip, o secretário-adjunto de Saúde, Wilson Pollara, os deputados Itamar Borges, Fausto Pinato e Carlão Pignatari, Gilmar Gimenes, a prefeita de Fernandópolis, Ana Bim, o diretor da Fundação Pio XII, Boiam Petrozi, representando o Henrique Prata, representantes do Hospital do Câncer das unidades de Fernandópolis e Jales, do Lar Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus, vereadores de Fernandópolis e representantes de associações e movimentos da sociedade civil, como o #Nãovaifechar.

Vacina contra a dengue

Também em São José do Rio Preto, o deputado Itamar Broges acompanhou o governador Geraldo Alckmin e o secretário de Saúde, David Uip, na realização dos testes finais em humanos da primeira vacina brasileira da dengue, desenvolvida pelo Instituto Butantan de São Paulo.

Os testes foram conduzidos pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp), com o apoio da secretaria municipal de saúde, na UBS da Vila Toninho.

Rio Preto tem alta incidência de casos de dengue e este foi um dos requisitos para a cidade ser escolhida.


Todos os direitos reservados .Todo o conteúdo, incluindo texto,fotos e áudios,protegido pela Lei Federal 9.610 de 19 de fevereiro de 1998 e pela "Declaração de Hamburgo". Autorizada reprodução desde que citada a fonte.

Contato (17) 98123-6278

ou alexandreribeiro.carioca@gmail.com